h1

1/2

4 June 2009

Meio cheio, meio vazio
Meio sentido
Meio vivido

Um projecto
Bonito na teoria, traços limpos e precisos
mas estamos a três dimensões, quem me diz que os traços ficam de pé? Quem me garante?

A voz quer sair, mas está rouca, fica a meio
Metade fica por vir cá para fora, e a outra metade mostra só um reflexo
É tudo uma prova, um jogo de reflexos
E neste jogo de reflexos a certeza incerta me distrai

Lê-me, vasculha-me por dentro e deixa a luz entrar, está abafado aqui dentro…
Bem me dizem que ela está lá fora e que a chuva finalmente já se foi, o dia brilha como nunca
Só que ficou a meio do caminho

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: